Enter the Void – Melhores créditos da década?

Tarantino pagou pau! O filme tá na lista dele dos top 20 de 2010, e os créditos são “os melhores do ano… talvez os melhores da década. Um dos grandes da história do cinema”. Trilha: “Freak” do LFO

A história é contada do ponto de vista de um fantasma – um traficante adolescente é assassinado no Japão e volta para cuidar da irmã. “Melodrama psicodélico” dirigido por Gaspar Noé.

Max Fleischer: Koko the Clown

Como ser psicodélico em preto e branco. Em 1928! Antes do Disney a linguagem da animação ainda não tinha se formatado tanto, então o pessoal explorava bem mais. Muito loop, compare com animes em geral! Repare na tremidinha de dois ou três frames quando os personagens se espantam – é algo que aparece muito em edição hoje em dia. No fim, a linguagem muda completamente – parece as coisas que o Terry Gilliam fazia pro Monty Python.

Max Fleischer! Criou a Betty Boop, inventou a rotoscopia, animou o Popeye, o Superman… esse é o cara.

Page 2 of 212